Nasa captura imagens de asteroide que passou muito próximo à Terra

O asteroide 2014 HQ124 mede cerca de 400 m de comprimento e cerca de 200 m de largura. As imagens revelam grande riqueza de detalhes, o suficiente para que fossem consideradas as melhores imagens de radar já obtidas de um asteroide próximo à Terra. É possível ver uma grande concavidade em seu lóbulo maior.


Os cientistas o chamam de “contato binário”: um asteroide que consiste de dois lóbulos que estão em contato e que um dia podem ter sido separados. Um em cada seis asteroides próximos à Terra tem esse formato, que se parece com um amendoim.

As imagens de radar foram feitas durante um longo período de quatro horas. Durante esse intervalo, o asteroide girou alguns graus, sugerindo que seu período de rotação é de pouco menos de 24 horas.Em sua maior aproximação da Terra, no dia em que foram feitas as imagens, o asteroide 2014 HQ124 ficou a 1,25 milhões km da Terra. Isso é três vezes a distância da Lua até nós.
Para asteroides, assim como os cometas, os radares são uma ferramenta poderosa para estudar tamanhos, formas, rotação, características da superfície e órbitas. Medições de radar de distâncias e velocidades de asteroides permitem aos pesquisadores calcular órbitas muito além no futuro

Segundo cientistas da Organização Nuclear Ban Treaty, existem mais de 1 milhão de asteroides com capacidade de destruir uma metrópole. Eles afirmam que apenas 10 mil deles já foram detectados. [R7Latimes]
(Visited 111 times, 1 visits today)

Filipe Aguiar

Filipe Aguiar Formado em Analise e Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade São Francisco, fundou o Respiramos Ciência em 2014. É apaixonado por astronomia, biologia, livros, rock, RPGs, filmes e ama tocar bateria.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.