5 Inventores mortos por suas criações

Se você acha que ser inventor é apenas sair misturando formulas e ver no que dá, temos uma má noticia: A busca por coisas novas pode ser muito perigosa e muitas vezes até fatal.

Listaremos aqui 5 casos onde o feitiço virou contra o feiticeiro.

1- Marie Curie

A duas vezes vencedora do Prêmio Nobel, graças à descoberta do rádio, do polônio e do desenvolvimento dos raios-x, morreu em 1934 em decorrência dos efeitos do material radioativo com o qual ela realizava experimentos. Marie foi a primeira pessoa conhecida a receber dois prêmios Nobel em dois campos diferentes: química e física. Ela também foi a primeira professora mulher da Universidade de Paris. Seu trabalho ajudou a salvar milhões de vidas. 

2- Thomas Midgley Jr.

Thomas foi o químico estadunidense que inventou o petróleo com adição de chumbo e o CFC (Cloro Flúor Carbono). Apesar de ter sido elogiado na sua época, hoje ele é considerado a pessoa “que teve mais impacto na atmosfera do que qualquer outro organismo na história da Terra” e também o “humano responsável por mais mortes do que qualquer outro na história” devido a suas invenções.

Em 1940, Midgley contraiu poliomielite, e inventou uma engenhoca para ajudá-lo a sair da cama. Tratava-se de um sistema de polias e alavancas que ele instalou em seu quarto, e um belo dia, ele foi encontrado morto — tendo sido estrangulado pelos cabos de sua própria criação.

Vítima do Karma? 

3- Perilo de Atenas

UNIVERSAL HISTORY ARCHIVE/GETTY

O Brazen Bull, criado por Perilo, foi uma maneira estilizada de assar uma pessoa viva. Para a vítima, certamente não era pior do que ser assado vivo numa fornalha. Mas o touro também incorporou um sistema de tubos que transformava os gritos de sua vítima em um mugido de um touro enfurecido. Esse é o diferencial do Touro de Bronze: poupou os espectadores das visões e sons de sua vítima.

Depois de apresentar seu invento a Fálaris, o Tirano de Agrigento, na Sicília, Perilo foi intimado pelo malfeitor a entrar em sua escultura e demonstrar o sistema de tubulação que fazia ecoar os gritos de alguém. Não demorou muito para que o tirano e seus guardas acendessem a fogueira e torturassem o inventor até perto de sua morte. Depois de abrirem a porta e tirarem Perilo de dentro do animal, o criador dessa máquina terrível foi jogado de cima de um penhasco.

4- Horace L. Hunley

Horace Lawson Hunley tinha certa obsessão por submarinos e chegou a inventar três modelos diferentes desse tipo de veículo durante a Guerra Civil Americana. Inclusive, foi com o terceiro modelo inventado por ele que Hunley morreu, junto com uma tripulação de sete membros, em outubro de 1863.

Mais tarde, o submarino afundado foi restaurado pela Confederação e enviado com uma nova tripulação para uma missão de sucesso: foi o primeiro submarino a afundar um navio.

5. Otto Lilienthal

Otto foi um pioneiro da aviação que ficou conhecido como o Rei Planador. Ele foi o primeiro a realizar repetidos vôos planados com sucesso. Revistas e jornais pelo mundo todo tinham suas fotos que influenciavam o público favoravelmente em direção à ideia de que a aviação poderia um dia se tornar realidade. Em 4 de agosto de 1896 algo de errado ocorreu no voo de Otto e ele caiu 17m quebrando a coluna vertebral. Ele não suportou os ferimentos e se foi no dia seguinte, depois de pronunciar suas últimas palavras: “Pequenos sacrifícios devem ser feitos.”

(Visited 67 times, 1 visits today)

Filipe Aguiar

Filipe Aguiar Formado em Analise e Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade São Francisco, fundou o Respiramos Ciência em 2014. É apaixonado por astronomia, biologia, livros, rock, RPGs, filmes e ama tocar bateria.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.