Astronauta joga Ping-Pong com uma bolinha de água no espaço

PingPong_1024

Na semana passada o astronauta Scott Kelly completou 300 dias consecutivos no espaço. Então ele resolveu “tirar uma folga” de seus deveres para jogar um pouco de ping-pong – não usando uma bola tradicional, mas uma bola de água.

Então como funciona o jogo? Como explica Kelly , ele está usando duas raquetes hidrofóbicas – ou repelente de água –   fazendo com que pareça ser tão fácil quanto rebater uma bola comum para cima e para baixo.

As raquetes são feitas de policarbonato, e são capazes de repelir a água graças a dois recursos: um laser especial que preencheu cada micro espaço das raquete e a um spray que revestiu as raquetes com Teflon. Para aqueles que não sabem o que é Teflon, é aquele mesmo material que deixa a sua panela antiaderente.

A combinação de não molhabilidade (Sim, isso é uma palavra!) do Teflon com a rugosidade da superfície das raquetes, as tornam capazes de impedir que as moléculas de água se colem à sua superfície – ou em outras palavras , elas se tornam super-repelente à água .

Mas por que a gota de água permanece intacta como uma bola perfeita, ao invés de ser espalhar por toda a Estação Espacial Internacional? A NASA explica: Tudo se resume ao tamanho da gota e da tensão superficial. “Quanto maior a gota, menos força é necessária para ‘quebrar-la’ ”, escreve a NASA. “Quanto menor a gota, mais difícil será rebatê-la novamente. Scott está utilizando uma gota de 4 ml – 100 vezes maior do que uma gota de chuva”.

Fonte[Space, ScienceAlert]
(Visited 121 times, 1 visits today)

Filipe Aguiar

Filipe Aguiar Formado em Analise e Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade São Francisco, fundou o Respiramos Ciência em 2014. É apaixonado por astronomia, biologia, livros, rock, RPGs, filmes e ama tocar bateria.

Deixe uma resposta