Bíblia com evangelho inédito encontrada na Turquia preocupa o Vaticano

Um texto religioso com capa de couro, que parece ser do século V, mas descoberto apenas há 12 anos, fará com que o cristianismo no mundo colapse, afirma Irã.

O livro, escrito em pele de animal, aparentemente, afirma que Jesus nunca foi crucificado e que ele mesmo previu a vinda do profeta Maomé, segundo a imprensa iraniana.

Escrito em siríaco, um dialeto do aramaico, o evangelho ainda prevê a vinda do último messias islâmico, acrescenta o relatório.

Devido à seriedade das alegações, o Vaticano teria feito uma solicitação oficial para avaliar a relíquia, embora muitos acreditem que tudo não passa de propaganda islâmica “anticristianismo”Ainda assim, as autoridades turcas que avaliaram a bíblia — que se encontra em Ancara — acreditam que o livro seja autêntico. Em contrapartida, Phil Lawler, que escreve para um site cristão, apontou algumas inconsistências nas alegações iranianas.

Segundo Lawler, se o documento foi escrito durante o século V ou VI, é impossível que ele tenha sido redigido por alguém que viajava com o apóstolo Paulo 400 anos antes. Assim, o evangelho deve ter sido produzido por alguém que se fez passar por Barnabé. Além disso, a correta datação do documento é crucial, pois no século VII a chegada de Maomé já podia ser antecipada.

De qualquer forma, a história de que a Igreja Católica teria selecionado quais evangelhos fariam parte da bíblia é bem conhecida, portanto, muita gente acredita que ainda existem diversos textos bíblicos desconhecidos por aí. [Daily MailMegacurioso]





(Visited 149 times, 1 visits today)

Filipe Aguiar

Filipe Aguiar Formado em Analise e Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade São Francisco, fundou o Respiramos Ciência em 2014. É apaixonado por astronomia, biologia, livros, rock, RPGs, filmes e ama tocar bateria.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.