Cientistas descobrem por que os dedos enrugam na água

Cientistas da Universidade de Newcastle, na Grã-Bretanha, descobriram por quais motivos os dedos ficam enrugados após muito tempo na água. O estudo indica que isso pode ser uma vantagem adquirida pelo ser humano durante a evolução da espécie.


Eles pediram a voluntários para pegar bolas de gude imersas em um balde d’água com uma mão e passá-las por uma pequena abertura para a outra mão, para colocá-las em outro local.Com isso, os cientistas descobriram que quem estava com os dedos enrugados pela umidade concluía a tarefa mais rápido do que os voluntários com os dedos normais.

O estudo sugere, portanto, que as rugas têm a função específica de tornar mais fácil o manuseio de objetos embaixo d’água ou de superfícies molhadas em geral, o que pode ter sido uma vantagem para os primeiros humanos quando procuravam alimentos na natureza.

Agora, os cientistas se concentrarão em descobrir se essa reação também acontece entre outros primatas. A confirmação disso pode revelar que a função original dessas rugas pode ter sido locomotora, ou seja, ela ajudou os primatas a se deslocar em vegetação úmida ou árvores molhadas. 

Fonte:[BBC]

(Visited 39 times, 1 visits today)

Filipe Aguiar

Filipe Aguiar Formado em Analise e Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade São Francisco, fundou o Respiramos Ciência em 2014. É apaixonado por astronomia, biologia, livros, rock, RPGs, filmes e ama tocar bateria.

Deixe uma resposta